Apr
17

DABANDADELÁ
Print
PDF

De onde você é rapaz?
Sou da banda de lá! Lá onde vento faz a curva e as águas do rio são turvas,
Sou do reinado do boto Tucuxi.
Sou do remanso e da floresta de mormaço constante,
do voo das Arirambas cantantes que vagueiam na beira dos rios.
Sou das terras alagadas pela natureza abençoada,
sou da beleza imaculada da vitória-régia que brota como lótus
em lago manso.
Sou do tempo que passa e ainda passará,
sou urbano e às vezes profano ante os véus
que ocultam a arte.
Sou da tela que engravida, que acolhe a forma e a vida
Em útero de pano.
Sou vassalo da cor que derrama o belo do amarelo
Ao infinito!
Sou dos pincéis geradores que esparramam infinitas cores
revelando o belo que se escondeu
sou da pintura que transcende os conceitos
meramente verbais.
De onde você é rapaz?
Que importa! Sou da arte!

Sebastião Rodrigues
Outubro 2014